Perigo

Perigo

Sem  delegada própria, Neves tem aumento da violência doméstica

Aumento constante

Entre março e novembro do ano passado, a Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp) computou, em média, 238,5 ocorrências de violência doméstica por mês em Ribeirão das Neves.

Lideranças ativas

A denúncia da ausência da delegada exclusiva e da influência nos números parte do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher de Ribeirão das Neves (CMDM/RN), via Marcela Menezes.

À mercê

De acordo com a liderança, desde 2016, há diminuição do quadro de funcionários do equipamento — um verdadeiro sucateamento. Recentemente, há quase três meses, desde 17 de outubro, não existe a presença de uma delegada no local.