Prefeitura interdita drogaria Bezerra de Menezes, em Venda Nova

Por Gabriel Ronan

A Vigilância Sanitária de Belo Horizonte interditou, nessa terça (9), a Drogaria Bezerra de Menezes, na Avenida João Samaha, Bairro São João Batista, em Venda Nova.

A interdição do estabelecimento gerou reação na população. Os clientes criaram um abaixo-assinado para pressionar pela reabertura da drogaria. Até a publicação deste texto, quase 7 mil pessoas já assinaram a petição on-line.

“Pessoas carentes dependem desta farmácia: crianças, velhinhos, pessoas de todas as idades com dificuldade para se manterem com seus custos caríssimos de remédios”, destaca o texto da petição.

Na manhã desta quarta (10), um grupo de aproximadamente 10 pessoas estava em frente à drogaria. “Queremos fazer uma manifestação para reabrir a farmácia”, disse uma delas, que preferiu manter o anonimato.

Pelas redes sociais, a drogaria informou que "provavelmente" não vai abrir mais nesta semana. "Vamos aguardar uns dias até a posição dos fiscais após a próxima vistoria da Vigilância Sanitária", informou a Bezerra de Menezes à reportagem.

Jornal Norte Livre, o jornal de  Venda Nova