Com apoio da UFMG, oficina de apitos arqueológicos de cerâmica abriu programação especial do Centro Cultural. Foto: Henrique Willer/CCVN,
Publicidade

Por William Araújo e Gabriel Ronan

Com o intuito de fortalecer a prática sustentável na regional, o Centro Cultural de Venda Nova (CCVN) iniciou, nesta semana, o evento “Venda Nova Sustentável – Vida Simples”. Entre oficinas, palestras e mutirões, serão várias atrações entre quarta-feira e domingo.

As atividades são gratuitas e acontecerão no CCVN, situado na Rua José Ferreira dos Santos, 184, Bairro Jardim dos Comerciários. Para participar, os interessados deverão acessar o link abaixo e fazer a inscrição mediante disponibilidade de vagas.

CONTINUA APÓS ESTA PUBLICIDADE

Página de inscrição nos eventos.

“Cada ano que a gente faz o evento, a gente pega um conceito diferente. A proposta desse ano é vida simples. Pensar como é possível construir ações para melhorar a vida da população, vivendo de maneira mais simples, com maior consciência ambiental”, explica Henrique Willer, técnico de patrimônio e membro da administração do CCVN.

Na manhã desta quarta-feira, as atividades já começaram com a oficina de apitos arqueológicos de cerâmica. Ministrada por Alissa Rezende e Lilian Panachuck, a programação teve apoio da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). 

No período da tarde, foi a vez da oficina de cerâmica Xakriabá, organizada por Nei Leite, indígena da etnia Xakriabá. “Tivemos que encerrar as inscrições para essa oficina, diante do grande número de pessoas interessadas”, ressalta Henrique Willer.


[custom-related-posts title=”Leia também” order_by=”date” order=”DESC”]

A ação lecionada por Nei Leite vai contemplar duas turmas: a primeira realiza as atividades até amanhã, enquanto a segunda inicia os trabalhos na sexta-feira e os termina no sábado. As vagas para o segundo grupo são limitadas a 25 participantes.

A cultura indígena também será evidenciada na oficina “sagrado feminino, cura com ervas”, organizada por Avelin Buniacá Kambiwá, da etnia Kambiwá. O evento acontece nesta quinta-feira, das 15h às 17h. As oportunidades são ilimitadas e se destinam às mulheres.

Para valorizar a imagem da regional, o Conselho de Venda Nova (Conven) também vai promover sua oficina no sábado, das 14h às 16h. O responsável será o historiador e presidente do Conven, Ricardo Andrade. Não há limite de vagas.

Artesanato e quadrilha

O “Venda Nova Sustentável – Vida Simples” também vai abir espaço para a feira de artesanato do Bairro Jardim Europa. Na sexta, no sábado e no domingo, a Rua José Ferreira dos Santos será fechada para que artesãos apresentem seus trabalhos e valorizem a imagem de Venda Nova.

O Centro Cultural também organiza, no mesmo espaço e nos mesmos dias, seu arraial. O evento vai oferecer barraquinhas de comidas típicas, apresentação de quadrilhas e shows musicais. 

A programação completa do arraial pode ser vista na página de Facebook do Centro Cultural de Venda Nova.

Veja abaixo o calendário de atividades do “Venda Nova Sustentável – Vida Simples” (retirado na íntegra da página de inscrição).

[table id=11 /]

Publicidade
Jornalista graduado pelo Centro Universitário de Belo Horizonte — UniBH (2017), jornalista editor no Jornal Norte Livre com passagem pelo Jornal Daqui BH, ambos parceiros hiperlocais do Portal Uai/Diários Associados. Professor e sócio na empresa "Quando - Fábrica de narrativas", conteudista, SEO (Search Engine Optimization), videomaker, fotógrafo e entusiasta como ilustrador, desenvolvedor web e animador 2D."Os livros são o templo do jornalista, mas é nas ruas que ele congrega". Will Araújo

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui