Restaurante Popular III Maria Regina Nabuco Venda Nova - Foto - Smasan
Publicidade

No último sábado (06), a Prefeitura de Belo Horizonte (PBH) celebrou, por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social, Segurança Alimentar e Cidadania, a segunda edição do “Festival Gastronômico”. No evento, os Restaurantes Populares da capital disputaram o título de melhor prato e melhor sobremesa criados pelas equipes de representantes de cada uma das quatro unidades da cidade.

O Festival aconteceu no Restaurante Popular Josué de Castro, situado na Rua Ceará, 490, Bairro Santa Efigênia, e encerrou, também, o processo de capacitação dos colaboradores das unidades. A temática desenvolvida pelos concorrentes desta edição foi a “técnica”.


Você é de Venda Nova?

Morador(a) de Venda Nova e bairros vizinhos, fique por dentro do que acontece na regional com notícias específicas e exclusivas. Siga nossa página no Facebook. É só clicar no botão ao lado. .

CONTINUA APÓS ESTA PUBLICIDADE

O Restaurante Popular III, Maria Regina Nabuco, localizado em Venda Nova, ficou em terceiro lugar na disputa. O vencedor do concurso foi o Restaurante Popular I, Herbert de Souza, que fica na região central.

A equipe do Popular I apresentou uma receita com iscas de filé de tilápia e crosta de castanha de caju acompanhadas de purê de banana-da-terra e cenoura baby. A sobremesa foi um sorvete de mandioca com calda de maracujá.

Os pratos foram avaliados por sete jurados, entre especialistas de gastronomia e nutrição. Os critérios julgados foram “criatividade, apresentação visual, sabor, textura e utilização de técnicas ensinadas nas oficinas”.

Como prêmio, será sorteada uma viagem técnica entre os participantes do grupo vencedor. Além disso, a receita melhor avaliada passará por adaptações para entrar no cardápio dos Restaurantes Populares de Belo Horizonte.

Histórico

Na primeira edição do “Festival Gastronômico”, ocorrida em 2017, o Restaurante Popular de Venda Nova foi o grande campeão apresentando a receita de “canelone de berinjela com ricota e nozes ao pesto de manjericão e, como sobremesa, pera em calda de especiarias com sorvete de banana e morango”.

Segundo Wellemy Nogueira, diretor de Restaurantes e Refeitórios Populares da Prefeitura de Belo Horizonte, o “Festival Gastronômico é a finalização de um trabalho de formação desenvolvido no decorrer do ano, no qual os funcionários podem expor parte do aprendizado em uma competição saudável”.


Publicidade
Jornalista graduado pelo Centro Universitário de Belo Horizonte — UniBH (2017), jornalista editor no Jornal Norte Livre com passagem pelo Jornal Daqui BH, ambos parceiros hiperlocais do Portal Uai/Diários Associados. Professor e sócio na empresa "Quando - Fábrica de narrativas", conteudista, SEO (Search Engine Optimization), videomaker, fotógrafo e entusiasta como ilustrador, desenvolvedor web e animador 2D."Os livros são o templo do jornalista, mas é nas ruas que ele congrega". Will Araújo

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui