Imagem meramente ilustrativa. Foto: reprodução/dronepicr.

Muitas pessoas me perguntam se sou médica apenas por fazer aplicação de toxina botulínica – popularmente conhecida como botox – e a resposta é: não, sou biomédica. Diante disso, resolvi escrever este artigo com o objetivo de informar e esclarecer sobre esse questionamento inevitável: apenas médicos podem fazer botox?

Vivemos em uma época que os cuidados com a saúde e estética estão cada vez mais valorizados. Seja com a alimentação, atividade física ou com procedimentos estéticos para emagrecimento e rejuvenescimento, a população está preocupada com o bem-estar físico e mental.

Diante deste fato, as clínicas de estética, o nicho com o qual trabalho, sofreu expansão e novas oportunidades foram criadas. Com o aumento da demanda, alguns profissionais da área da saúde foram liberados por seus respectivos conselhos de classe para realizar aplicação de toxina botulínica, após demonstrarem e provarem expertise suficiente para a realização de tal técnica.

Com portarias que os resguardam em nível federal, até o presente momento, profissionais como biomédicos, dentistas, enfermeiros e farmacêuticos, além dos médicos, estão autorizados a realizar a aplicação da toxina botulínica e atuar na estética avançada com diversos procedimentos, descritos em suas respectivas resoluções conforme classe profissional, mediante algumas qualificações.

Sendo assim, é importante que antes de realizar o procedimento, você procure entender e ter conhecimento sobre quais são as competências do profissional antes de escolher com quem realizar a aplicação.

Mas e se acontecer alguma intercorrência? Esses profissionais saberão quais atitudes tomar? Complicações pós-procedimento não podem ser descartadas, mas podemos minimizar as chances desses acontecimentos.

Para tal coisa, é necessária uma anamnese (entrevista com o paciente antes da cirurgia) bem-feita e que o cliente tome todos os cuidados orientados pelo profissional após a aplicação do botox, além de todo o protocolo de biossegurança durante a aplicação para resguardo do especialista e, sobretudo, do cliente.

Entretanto, novamente ressalto, é imprescindível que o profissional seja qualificado. Por isso, procure aqueles que possuam pós-graduação, sejam experientes, que fazem cursos de atualização e que sejam referência no procedimento. Mais do que tudo, escolha quem lhe proporciona segurança ao fechar um pacote.

E, caso alguma coisa fuja do esperado, entre em contato com o profissional que realizou o tratamento. Ele, se competente for, lhe dará toda a orientação e suporte para solucionar qualquer limitação.

Espero ter esclarecido essa dúvida que assombra muitas pessoas que desejam começar a se cuidar, tratando e prevenindo as linhas de expressão. Caso exista outro tipo de questionamento, me pergunte nos comentários abaixo. Eu farei questão de responder e ficarei muito feliz com o contato!

7 COMENTÁRIOS

  1. Sou esteticista graduada,pós graduada em Estética e Cosmética,e estou pós graduando Biomedicina Estética,e queria saber se após o término dessa pós eu posso trabalhar com botox e preechimento?

  2. Pelo que sei não está podendo aplicar esta uma briga na justiça ..os juízes está alegando que biomédico,dentista,enfermeiros e farmacêutico não pode fazer pois são invasivo e só cabe a médicos cirurgiões..conheço uma farmacêutica que foi prossessada por uma cliente e o juiz deu causa ganha para cliente .e quase a farmacêutica perde seu direito de exercer a profissão..difícil

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui