Corte Momesca representa a mitologia do Carnaval, a a partir das figuras do Rei Momo, da Rainha e da Princesa. Foto: Robson Vasconcelos/PBH.
Publicidade

O Carnaval 2019 já começa a ter seus protagonistas definidos nas próximas semanas. A Prefeitura de Belo Horizonte, por meio da Empresa Municipal de Turismo de Belo Horizonte (Belotur), abriu inscrições para a Corte Momesca da cidade. O grupo se compõe a partir de três personagens: Rei Momo, Rainha e Princesa. 

Quem tiver interesse em participar precisa se inscrever, gratuitamente, até o próximo dia 27. O sambista tem que comparecer ao Departamento de Operações e Eventos da Belotur, entre 10h e 17h dos dias úteis. A unidade está localizada na Rua da Bahia, 888, 7º andar. 

As premiações são de R$ 12 mil para o Rei Momo, o mesmo valor para a Rainha e R$ 9 mil para a Princesa. A seleção passa por duas fases: a primeira delas escolhe oito pessoas, que se classificam para a última etapa.

CONTINUA APÓS ESTA PUBLICIDADE

Na segunda triagem, marcada para 2 de dezembro, os interessados precisam comparecer ao Centro Cultural Liberalino Alves de Oliveira, no Mercado da Lagoinha (Avenida Presidente Antônio Carlos, 821 – Bairro São Cristóvão). Lá, os candidatos vão passar por duas provas práticas, nas quais vão precisar mostrar simpatia, desembaraço, elegância e, claro, muito samba no pé. 

Para participar, o interessado precisa seguir os seguintes requisitos:

I. Ser brasileiro nato ou naturalizado;

II. Ser residente e domiciliado no Município de Belo Horizonte;

III. Ter idade mínima de 18 (dezoito) anos completos na data da inscrição para a eleição;

IV. Ter concluído o ensino fundamental / 1º Grau;

V. Não ser vinculado a nenhum órgão da Administração direta ou indireta da Prefeitura de Belo Horizonte;

VI. Não ter sido Rei Momo, Rainha ou Princesa do Carnaval 2018 de Belo Horizonte;

VII – Ser do sexo masculino (Rei Momo) ou feminino (Rainha e Princesa);

VIII. Ter disponibilidade de horários para cumprir agenda a ser estabelecida pela Belotur, em momento oportuno.

Quanto aos documentos, a prefeitura indica que devem ser apresentados:

I. Carteira de Identidade;

II. CPF;

III. Comprovante de residência em nome próprio, ou do pai, da mãe, cônjuge, desde que devidamente comprovado, ou contrato de aluguel;

IV. Certificado ou declaração de escolaridade;

V. . Número de inscrição no INSS/PIS, PASEP ou NIT;

VI. . Atestado de bons antecedentes;

VII. Atestado médico de aptidão física, com data recente ao concurso, informando que o inscrito está em ótimas condições de saúde visando o cumprimento do contrato, caso eleito para o mandato;

VIII. Assinatura em declaração (anexo II) de conhecimento do Regulamento para Eleição do Rei Momo do Carnaval de Belo Horizonte de 2019;

IX. Declaração, de próprio punho, informando que não é servidor público e/ou que não está vinculado a nenhum outro órgão da Administração direta ou indireta da Prefeitura Municipal de Belo Horizonte.

Confira todos os detalhes para a escolha do Rei Momo do Carnaval 2019 aqui. 

Saiba todas as informações para a seleção da Rainha e da Princesa do Carnaval 2019 aqui.

Venda Nova

Procurada pela reportagem, a Acadêmicos de Venda Nova, tradicional escola de samba da regional, informou que estuda a indicação de membros para a Corte Momesca do Carnaval 2019. Ainda não há confirmação de quais nomes seriam inscritos.

Leonardo de Jesus, atual vice-presidente da agremiação, já foi Rei Momo da festa. No primeiro semestre, o Norte Livre contou a história dele e da Acadêmicos de Venda Nova em um especial produzido às vésperas do Carnaval (clique aqui para conferir).

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui