Crianças nascidas até 31 de março de 2016 poderão ser inscritas nas escolas integrais da prefeitura. Foto: Divino Advíncula/PBH.
Crianças nascidas até 31 de março de 2016 poderão ser inscritas nas escolas integrais da prefeitura. Foto: Divino Advíncula/PBH.
Advertisement

A Prefeitura de Belo Horizonte (PBH), a partir da Secretaria Municipal de Educação, abriu inscrições para as escolas em tempo integral nesta quinta-feira (14). Ao mesmo tempo, o Executivo municipal anunciou reformas em 60 unidades educacionais da cidade – 12 delas localizadas na Região de Venda Nova.

Quanto às matrículas em tempo integral, a prefeitura informa que o processo é feito pela internet (clique aqui para acessar). O direito se estende a estudantes nascidos até 31 de março de 2016.

Durante o cadastro, os pais ou responsáveis deverão informar o nome da Escola Municipal ou da Escola Municipal de Educação Infantil (Emei) em que a matrícula para 2020 foi efetuada.

As matrículas ficaram abertas até o último dia 31.

O objetivo da PBH é disponibilizar 90 mil vagas em tempo integral na cidade. Atualmente, dos 201 mil estudantes da rede municipal, 84 mil estão em escolas que oferecem o serviço.


Você é de Venda Nova?

Morador(a) de Venda Nova, fique por dentro de notícias exclusivas e específicas da regional. Clique no botão ao lado/abaixo e siga o Jornal Norte Livre nas redes sociais.


De acordo com a PBH, o cronograma prevê a abertura de cinco mil vagas em tempo integral para atender crianças entre 4 e 5 anos que nunca tiveram direito ao benefício.

Além das atividades em sala de aula e extracurriculares, a Educação Municipal oferece três refeições diárias aos estudantes em tempo integral. Além disso, eles recebem uniforme completo, material didático e transporte para pessoas com mobilidade reduzida.

Reformas nas escolas

Para dar conta desta demanda, a prefeitura prevê adequações em 60 escolas da rede municipal. Dessas, 12 estão em Venda Nova.

São elas: as escolas municipais Antônia Ferreira (São João Batista), Joaquim dos Santos (Céu Azul), Mário Mourão Filho (Céu Azul), Professor Pedro Guerra (Mantiqueira), Professor Tabajara Pedroso (Candelária), Doutor José Xavier Nogueira (Jardim Europa), Moysés Kalil (Mantiqueira), Antônio Gomes Horta (Parque São Pedro), Tancredo Neves (Céu Azul), Zilda Arns (Rio Branco) e Padre Marzano (Rio Branco).


Leia também


Além delas, a Emei do Bairro Jardim Leblon também será contemplada.

As intervenções tomam como base a Escola Municipal Francisco Bressane, localizada no Bairro São Paulo, na Região Nordeste de BH. Portanto, a prefeitura pretende instalar quadra de esportes, ginásio poliesportivo e academia para dança, música e artes marciais.

O planejamento prevê, ainda, salas multiuso, bibliotecas, parquinhos, banheiros e novas salas de aula. As obras já começaram e a previsão é que terminem em fevereiro. O investimento é de R$ 4 milhões.

Curta e compartilhe nas redes sociais
46Shares