Lei Municipal de Incentivo à cultura LMIC 2021
Arte: PBH
Publicidade

Empreendedores culturais da capital terão nova chance de receberem recursos da Prefeitura de Belo Horizonte (PBH) e colocarem em prática seus projetos. A Fundação Municipal de Cultura e a Secretaria Municipal de Cultura publicaram na terça-feira (27) dois novos editais da Lei Municipal de Incentivo à Cultura (LMIC 2021).

O edital “BH nas Telas” e o edital “Multilinguagens” destinarão, aproximadamente, R$ 10 milhões a empreendedores culturais. O valor representa um aumento de 7% em relação aos editais de 2020.

Os editais da cultura

O “Multilinguagens” servirá para selecionar “projetos culturais dos setores das artes visuais e design, circo, dança, literatura e leitura, música, patrimônio e teatro, além de propostas multissetoriais (que contemplem mais de uma linguagem artística)”, conforme a PBH. Dos R$ 10 milhões provenientes do Fundo Municipal de Cultura 2021, serão destinados a esse edital R$ 8,2 milhões.

CONTINUA APÓS ESTA PUBLICIDADE

As inscrições para o edital “Multilinguagens” podem ser feitas pelo Mapa Cultural BH (clique aqui) e vão de 27 de abril a 28 de maio.

Já o edital “BH nas Telas”, que é específico para o setor audiovisual, está em sua 3ª edição e “seleciona projetos de produções cinematográficas que colaborem para a difusão de conteúdos das mais diversas regiões da cidade, favorecendo o desenvolvimento cultural de maneira igualitária e descentralizada”, segundo PBH.

Será destinado ao “BH nas Telas” R$1,68 milhão e as inscrições vão de 30 de abril a 31 de maio, sendo feitas também pelo Mapa Cultural BH (citado anteriormente).

De acordo com a PBH, “após o encerramento das inscrições, a avaliação e seleção dos projetos contemplados serão feitas pela Câmara de Fomento à Cultura Municipal, que avaliará critérios como a consistência do projeto, sua exequibilidade (orçamento, cronograma, capacidade de articulação e mobilização, entre outros), a acessibilidade e democratização do acesso, além do impacto cultural e efeitos multiplicadores (formação, descentralização das ações, desconcentração dos recursos e retorno social, entre outros). O resultado do edital será publicado no Diário Oficial do Município (DOM), com a atualização das informações no portal da PBH”.

A novidade do edital de “Multilinguagens” fica por conta da possibilidade de inscrição de projetos que possuem “ações exclusivamente virtuais (sem a obrigatoriedade que incluam, também, atividades presenciais), devido à necessidade de isolamento social provocado pela pandemia da Covid-19”.

Cada empreendedor cultural poderá inscrever em ambos editais apenas um projeto.

Vista aérea da Avenida Vilarinho em Venda Nova - Fundação Municipal de Cultura
Avenida Vilarinho – 2008 – Acervo Fundação Municipal de Cultura/PBH

Serviço

Edital Multilinguagens 2021 – clique aqui para baixar
Edital BH nas Telas 2021 – clique aqui para baixar

Saiba mais

Publicidade
Jornalista graduado pelo Centro Universitário de Belo Horizonte — UniBH (2017), editor no jornal Norte Livre, parceiro hiperlocal do Portal Uai/Diários Associados, editor digital no jornal Diário do Comércio, professor e sócio na empresa "Quando - Fábrica de narrativas", conteudista, SEO (Search Engine Optimization), videomaker, fotógrafo e entusiasta como ilustrador, desenvolvedor web e animador 2D."Os livros são o templo do jornalista, mas é nas ruas que ele congrega". Will Araújo

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui