Luto: Pelé com um colete do tricolor. Ao lado, a foto do campo do time da Vila Nossa Senhora Aparecida. Fotos: arquivo pessoal e Gabriel Ronan/Jornal Norte Livre.
Luto: Pelé com um colete do tricolor. Ao lado, a foto do campo do time da Vila Nossa Senhora Aparecida. Fotos: arquivo pessoal e Gabriel Ronan/Jornal Norte Livre.
Publicidade

O futebol amador de Venda Nova está de luto. Morreu, nessa quinta (17), Juracino Barbosa de Oliveira, conhecido como Pelé. Morador da Vila Nossa Senhora Aparecida, ele tinha 78 anos e não resistiu a uma parada cardiorrespiratória.

Pelé teve seu nome marcado pelo trabalho no Tricolor da Vila Nossa Senhora Aparecida. A comunidade mantém um dos últimos campos de futebol amador gramados de Venda Nova.

Os moradores da Região estão de luto. De acordo com a família, Pelé deixa seis filhos, sete netos e dois bisnetos. Ele foi enterrado no Cemitério da Consolação, no Bairro Jaqueline, Norte de BH.

CONTINUA APÓS ESTA PUBLICIDADE

O idoso estava internado há alguns dias no Hospital Risoleta Tolentino Neves após sofrer a parada cardíaca. A família chegou a organizar uma campanha para doação de sangue, mas ele não resistiu.

“Acordar e saber que o senhor, tio, não está com nós (sic) mais é muito triste. Mas, o céu está em festa. Obrigado por tudo que o senhor e família fez por mim”, escreveu uma sobrinha de Pelé nas redes sociais.

O Jornal Norte Livre conversou com Pelé em setembro do ano passado. Orgulhoso de sua trajetória, logo quando a reportagem chegou, o idoso apontou para o campo e relembrou uma história vivida ali.

À época, a casa onde ele e a família vivem há vários anos corria risco de deslizamento por causa da falta de estabilidade do barranco que segura a moradia.

“As casas estão praticamente juntas. Em 2002, teve um desabamento aqui. Ano passado (2019), começou a deslizar o barranco. Eles (agentes da prefeitura) já vieram e avaliaram a minha casa. Pediram pra gente ficar vigiando, mas eu estou preocupada. O meu quintal está descendo aos poucos”, afirmou Sueli Aparecida Barbosa, de 51, filha de Pelé, na ocasião.

Quase um ano depois, a família ainda convive com a ameaça. O fim do período chuvoso significa alívio para os moradores da Vila Nossa Senhora Aparecida.

Saiba mais

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui