Imagem meramente ilustrativa. Foto: Rodrigo Viana/Senado Federal.
Imagem meramente ilustrativa. Foto: Rodrigo Viana/Senado Federal.
Publicidade

Entre sexta-feira (19) e esta segunda-feira (22), Venda Nova registrou, segundo a Prefeitura de Belo Horizonte, quatro mortes por COVID-19. Em apenas três dias, a Regional computou quase metade dos seus óbitos desde o início da pandemia: são nove no total.

Os números fazem parte do boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde nesta segunda. Para efeito de comparação, na sexta Venda Nova era a Região com menos mortes em BH. Agora, esse posto pertence as regionais do Barreiro e Norte, com oito vidas perdidas.

No quadro geral, Belo Horizonte computa 96 mortes, 14 delas na Região Nordeste, a mais prejudicada pela doença em termos de óbitos até o boletim desta segunda.

CONTINUA APÓS ESTA PUBLICIDADE

A situação em Venda Nova tem se agravado nos últimos dias. Na semana passada, o Hospital Risoleta Tolentino Neves, que está localizado entre o Norte de BH e a Regional, chegou a computar 100% de ocupação dos seus leitos de terapia intensiva para enfrentamento da doença.

O Risoleta não é referência no combate à COVID-19, mas tem 11 leitos para abrigar pacientes com suspeita ou confirmação de infecção pelo novo coronavírus. Por estar localizado no vetor norte da capital, o hospital recebe pacientes até mesmo de outras cidades da Grande BH, como Vespasiano, Santa Luzia e Lagoa Santa, além de vendanovenses.

Todas as mortes ocorridas em BH até aqui foram de pacientes com algum fator de risco. Das 96 pessoas que perderam a vida, 70 eram idosos, 45 apresentavam cardiopatia e 36 diabetes.

Para enfrentar a pandemia, a prefeitura instalou em Venda Nova três equipamentos de saúde extras. No Sesc Venda Nova, montou uma operação para receber moradores em situação de rua com sintomas. Já na Unidade de Pronto-Atendimento da Regional, instalou um centro especializado na enfermidade e uma estrutura para prestar apoio a idosos institucionalizados com sinais da virose.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui