Foto da campanha de 2014 - Foto Karen Moreira - Divulgação/PBH
Publicidade

Por William Araújo

No dia primeiro de dezembro é celebrado o Dia Mundial de Luta Contra a Aids, e, além da data, o mês é dedicado à Campanha Nacional de Prevenção ao Câncer de Pele. Por isso, impulsionados pelo calendário, os centros de saúde da capital estarão promovendo neste sábado, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), exames, testes rápidos de HIV, outras doenças sexualmente transmissíveis e palestras sobre a temáticaEm Venda Nova, 10 centros de saúde participarão com ações, que ocorrerão entre 7h e 17h, de acordo com o local.

[custom-related-posts title=”Leia mais” order_by=”title” order=”ASC” none_text=”None found”]

O mês, assim como outros, usa cores para auxiliar na conscientização de males. Laranja, verde e vermelho representam, consecutivamente, a antevisão do câncer de pele, da saúde da criança e da Aids. O Dezembro Laranja começou em 2014, é uma proposição da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) e tem o apoio da Prefeitura de Belo Horizonte (PBH).

CONTINUA APÓS ESTA PUBLICIDADE

Conforme Ministério da Saúde, por meio do Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva (INCA), o melanoma é o tipo mais grave de câncer de pele e o que mais acomete brasileiros, sendo “responsável por 30% de todos os tumores malignos registrados no país”. São estimados 165.580 casos em 2018, sendo 85.170 homens e 80.410 mulheres, de acordo com o INCA.

Os principais fatores de risco para desenvolver o câncer de pele são:

  • histórico familiar de câncer de pele
  • pessoas de pele e olhos claros, com cabelos ruivos ou loiros
  • pessoas que trabalham frequentemente expostas ao sol sem proteção adequada
  • exposição prolongada e repetida ao sol na infância e adolescência.
Exames câncer de pele - Foto Alexandre Guzanche ammg - Divulgação/PBH
Exames câncer de pele – Foto Alexandre Guzanche ammg – Divulgação/PBH

Acerca do vírus HIV, o Ministério da Saúde aponta que no Brasil, atualmente, “75% das pessoas vivem com o vírus e conhecem seu estado sorológico”, e 92% destas, que estão em tratamento, já atingiram o estado de indetectáveis, o que é uma conquista.

Por esse motivo, e para comemorar os 30 anos da criação da data pela Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU) e da Organização Mundial da Saúde (OMS), o Ministério da Saúde lançou a campanha #DiaMundial30anos. Para saber mais, acesse https://www.diamundial30anos.com.br.

Segundo PBH, a expectativa é que cerca de duas mil pessoas usufruam, neste sábado, dos serviços. Veja abaixo a listagem de locais e serviços oferecidos neste sábado.

[table id=12 /]

Para ver as atividades nos demais centros de saúde de Belo Horizonte, acesse Ações de prevenção ao câncer de pele e combate à Aids PBH.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui