Publicidade

Copasa finaliza obras e fornecimento de água será retomado em Venda Nova

Problema no serviço se espalhava por mais de 90 bairros da Grande BH e estava concentrado na Rua Padre Pedro Pinto

Rua Padre Pedro Pinto - Vazamento CopasaFoto: Will Araújo/Jornal Norte Livre
Publicidade

A Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa) terminou as obras na Rua Padre Pedro Pinto, em Venda Nova, no fim da tarde desta segunda-feira (24). Com isso, o fornecimento de água, que estava interrompido em mais de 90 bairros da Região Metropolitana de Belo Horizonte, deverá ser reestabelecido até a madrugada desta terça (25).


Segundo a Copasa, uma equipe técnica realizava reparos na rede de 300 milímetros, que passa por baixo de umas das principais ruas da Regional Venda Nova. A interrupção do serviço foi iniciada nesse domingo (23), de maneira emergencial, por conta de um vazamento no sistema de abastecimento.

Até a tarde desta segunda-feira (24), a pista sentido Centro da Rua Padre Pedro Pinto, altura da Estação BHBus Venda Nova, ainda estava interditada. Não houve menção de quando a via seria liberada.

Publicidade

EM TEMPO: A Empresa de Transporte e Trânsito de Belo Horizonte (BHTrans) está compactando o solo para cobrir o local em que houve o vazamento e intervenção da Copasa. A previsão é de que a pista esteja liberada a partir das 21h30 e o tráfego seja normalizado na Rua Padre Pedro Pinto e entorno.

A primeira previsão era de que os registros fossem religados até a madrugada desta segunda. Contudo, as intervenções atrasaram, o que adiou os reparos em um dia. O número de bairros prejudicados pelo fechamento dos registros também foi ampliado durante o período.

Inicialmente, a Copasa informou que 10 bairros de Venda Nova e um de Ribeirão das Neves seriam prejudicados. No entanto, a interrupção afetou 91 bairros da Grande BH, sendo 56 deles espalhados pelas regiões de Venda Nova, Norte e Pampulha, em Belo Horizonte; dois em Neves; quatro em Vespasiano; e 29 em Santa Luzia.



Confira a lista de todos os bairros afetados abaixo:

Belo Horizonte: Aeroporto, Apolônia, Braúnas, Campo Alegre, Canaã, Candelária, Cenáculo, Céu Azul, Conjunto Minas Caixa, Copacabana, Etelvina Carneiro, Europa, Floramar, Frei Leopoldo, Garças, Granja Werneck, Guarani, Heliópolis, Itapoã, Jaqueline, Jardim Atlântico, Jardim das Rosas, Jardim dos Comerciários, Jardim Felicidade, Jardim Guanabara, Jardim Leblon, Juliana, Lagoa, Lagoinha Leblon, Letícia, Madri, Mantiqueira, Maria Helena, Mariquinhas, Minas Caixa, Parque São Pedro, Piratininga, Planalto, Rio Branco, Santa Amélia, Santa Branca, Santa Mônica, São Bernardo, São João Batista, São Tomaz, Satélite, Serra Verde, Solimões, Trevo, Tupi A, Tupi B, Venda Nova, Vila Aeroporto, Vila Clóris, Xodó-Marize e Zilah Spósito.

Ribeirão das Neves: Lidic e Toni.

Santa Luzia: Asteca, Baronesa, Belo Vale, Castanheira, Chácaras Recanto Flamboyant, Chácaras Santa Inês, Cristina, Duquesa I, Duquesa II, Frimisa, Liberdade, Londrina, Luxemburgo, Maria Antonieta, Monte Caro, Morada do Rio, Nossa Senhora das Graças, Nossa Senhora do Carmo, Nova Conquista, Nova Esperança, Novo Centro, Perola Negra, Ponte Grande, Pousada Del Rey, Rio das Velhas, São Benedito, São Cosme, São Cosme de Cima e São João Batista.

Vespasiano: Bernardo de Souza, Gávea, Gávea II e Santa Clara.



Publicidade

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Sair da versão mobile