Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil

Desde 20 de março, Belo Horizonte passa por contingenciamento devido à pandemia do novo coronavírus (Covid-19). Contudo, neste ano, acontecerão as eleições de 2020, as quais estão agendadas para ter a votação do primeiro turno em 15 de novembro — próximo domingo.

Como votar em 2020 enquanto existe o perigo do vírus do Covid-19 (SARS-CoV-2)?

A votação presencial continuará acontecendo em todo o Brasil, mas com algumas regras e orientações indicadas pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Veja quais.

Quais documentos levar para votar?

O eleitor poderá usar apenas a identidade com foto (carteira de identidade) para votar. Contudo, o título de eleitor continua sendo o documento oficial e o mais indicado. Tanto o título quanto a carteira de identidade podem ser usados para votação.

Qual o horário de votação em 2020?

Neste ano, o TSE aumentou o tempo para votação, permitindo que as urnas sejam abertas das 7h às 17h — uma hora mais cedo do que nas eleições passadas. Além disso, pessoas acima de 60 anos terão horário preferencial entre 7h e 10h.

Como votar durante a pandemia?

Conforme TSE, é recomendado ao eleitor que:

  • Confira o local de votação antes de sair de casa;
  • Saia de casa com a máscara;
  • Se possível, leve a sua caneta;
  • Não esqueça de levar anotados os nomes e números dos candidatos;
  • Mantenha distância mínima de um metro e evite contato físico com outras pessoas;
  • Se possível, não leve crianças e acompanhantes;
  • Não deixe para votar na última hora;
  • Respeite o horário preferencial das 7h às 10h para maiores de 60 anos;
  • Limpe as mãos com álcool em gel antes e depois de votar;
  • Nos locais de votação, não é permitido se alimentar, beber ou fazer qualquer atividade que exija a retirada da máscara;
  • Permaneça no local de votação apenas pelo tempo suficiente para votar;
  • Se estiver com febre, fique em casa.

Quem não fez o cadastro biométrico pode votar?

Sim. Segundo TSE, por causa da pandemia do novo coronavírus (Covid-19), as punições que seriam dadas ao eleitor que não fez o registro biométrico foram revertidas e não vão acontecer neste ano. Além disso, para diminuir o contato físico do eleitor com vários aparelhos, não será usada a leitura biométrica.

Como votar na urna eletrônica em 2020?

O procedimento de votação será o mesmo. Primeiro o eleitor ou eleitora deverá se identificar na porta da seção. Em seguida, seu nome será buscado no caderno de eleitores e será necessária a assinatura.

Após assinar, o eleitor irá para a cabine de votação e aguardará a autorização do presidente da seção. O primeiro cargo para votação é o de vereador, com cinco dígitos. Aperte “confirma”. O segundo cargo é o de prefeito, com dois dígitos. Aperte “confirma” novamente.

O comprovante de votação será disponibilizado ao fim de cada votação.

Qual a idade obrigatória para votação?

Pessoas acima de 18 anos e legalmente capazes são obrigadas a votar. Enquanto o voto é opcional (não obrigatório) para eleitores analfabetos, com idade entre 16 e 18 anos e maiores do que 70 anos.

Como saber o local de votação?

Segundo TSE, para saber o local de votação o eleitor poderá acessar o portal “Título de Eleitor” (clique aqui). Nele, é possível verificar a situação eleitoral, a quitação de multas, baixar o aplicativo e-título e saber o local votação.

Saiba mais

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui