Evento gratuito e aberto ao público contará com a presença de jovens dos centros de prevenção à criminalidade dos bairros Minas Caixa e Jardim Leblon. Foto: divulgação.
Evento gratuito e aberto ao público contará com a presença de jovens dos centros de prevenção à criminalidade dos bairros Minas Caixa e Jardim Leblon. Foto: divulgação.
Advertisement

Luz, câmara e… muito lazer para Venda Nova! Este sábado (9) será de atrações voltadas ao cinema na região. As programações acontecem no Centro Cultural Venda Nova (CCVN – Rua José Ferreira dos Santos, 184, Bairro Jardim dos Comerciários) e terão entradas gratuitas para a população.

Em um dos eventos, jovens integrantes do programa Fica Vivo!, da Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp), participam da exibição do documentário “O Silêncio dos Homens”. Vão comparecer contemplados pelos centros de prevenção à criminalidade dos bairros Minas Caixa e Jardim Leblon.

A iniciativa tem entrada franca e está marcada para as 15h30. Portanto, também é aberta ao público geral.

O filme foi produzido pelo coletivo Papo de Homem, que realizou pesquisas com mais de 40 mil pessoas até a gravação. O título aborda discussões sobre a masculinidade frágil, por isso traz à tona os medos do homem, que não compartilha suas dificuldades nem mesmo com amigos.

“Silêncio aqui tem sentido amplo. É emocional, verbal, social, tanto individual como coletivo. Estamos falando de uma rigidez psicológica, que se torna um vulcão quando associada aos ‘mandamentos da masculinidade'”, ressalta o portal Papo de Homem, em nota publicada no site oficial.


Você é de Venda Nova?

Morador(a) de Venda Nova, fique por dentro de notícias exclusivas e específicas da regional. Clique no botão ao lado/abaixo e siga o Jornal Norte Livre nas redes sociais.


Além disso, a iniciativa contará com uma roda de conversa sobre o documentário. Paulo Miranda, um dos participantes do filme, estará presente para conversar com os interessados sobre a temática abordada. Ele é fundador do “de homem para homem”, uma iniciativa pela equidade de gênero.

Cinema ambulante

Foto: divulgação/Arte Livre Ambulante

Ainda no sábado, mas as 14h, o projeto Arte Livre Ambulante (ALA) desembarca no Centro Cultural Venda Nova. Na ocasião, o coletivo vai exibir um filme para ressaltar tudo que foi feito pela iniciativa durante o tempo de execução.

O projeto tem apoio da Lei Municipal de Incentivo à Cultura e alia o cinema a oficinas de artes visuais e valorização da memória de Venda Nova.

Ateliê puxado por bicicletas é atração do projeto. Foto: divulgação/Arte Livre Itinerante.

“A gente vai apresentar nosso trabalho, que fizemos nos últimos 10 meses. São depoimentos e ações, a maioria feita nas ruas de Venda Nova. Fizemos ações no mirante do Bairro Nova York, na Escola Estadual Menino Jesus de Praga (Bairro Lagoa), no centro cultural e também na Praça da Igreja Matriz”, explica um dos proponentes da ALA, Saulo Pico. Além dele, Antônio Salgado é outro empreendedor cultural.


Leia também


Segundo ele, além do filme, fotos serão exibidas para quem for ao Centro Cultural Venda Nova. A marca do projeto – um ateliê itinerante montado em uma bicicleta – completa as atrações.

Curta e compartilhe nas redes sociais
31Shares