Chuvas em BH: enchentes são comuns na Avenida Vilarinho, em Venda Nova. Foto: Hugo Gonçalves.

Em meio à temporada de chuvas em BH, a prefeitura abriu nessa quarta (16) a licitação da terceira etapa das obras contra enchentes em Venda Nova. As intervenções vão acontecer nos córregos Vilarinho e Nado e no Ribeirão Isidoro. As bacias passam pela Avenida Vilarinho e pela Rua Doutor Álvaro Camargos.

Dessa maneira, segundo a prefeitura, essa terceira fase prevê investimentos de R$ 152,4 milhões. O dinheiro vem da Caixa Econômica Federal.

Além disso, o prazo para o término das obras é de 36 meses. Porém, esse tempo só passa a contar a partir do início dos trabalhos, após a escolha da empresa vencedora da licitação.

O objetivo da prefeitura é implementar dois reservatórios por meio dessa licitação. A prefeitura optou pelos chamados piscinões para frear os efeitos das chuvas em Venda Nova.

Portanto, cada uma dessas caixas terá capacidade para guardar cerca de 100 milhões de litros de água das chuvas.

O prazo para julgamento das propostas é até 25 de janeiro. As empresas interessadas podem consultar o edital por meio deste link (clique aqui para acessar).

Outras obras contra as chuvas em BH

Além dessa licitação, a prefeitura conduz duas obras contra as tempestades em Venda Nova. A primeira está em andamento nos córregos Marimbondo e Lareira, nos bairros Santa Mônica e São João Batista, respectivamente.

São R$ 40 milhões investidos. Os trabalhos de tratamento de fundo de vale e contenção de enchentes são feitos pela Superintendência de Desenvolvimento da Capital (Sudecap). A quantia vem do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC).

De acordo com a prefeitura, as obras devem acabar já em 2021. Portanto, não terão efeito nesse período chuvoso, que vai até março.

A segunda etapa das intervenções contra as chuvas em Venda Nova acontece no encontro dos córrego Vilarinho e Nado. Segundo a PBH, o chamado Vilarinho 1 tem previsão de entrega para 2021.

Estão sendo investidos aproximadamente R$ 10,5 milhões neste empreendimento. A estrutura tem área aproximada de 2.500 metros quadros e volume de 10 milhões de litros.

Tem previsão para chuva em Minas Gerais?

Sim. As chuvas devem acontecer em Belo Horizonte e outras cidades espalhadas pelo estado nesta semana. De acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), pancadas de chuva devem acontecer na Grande BH e nas regiões Sul, Centro-Oeste, Central, Mata e Triângulo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui