Centro Especializado em Coronavírus - Cecovid - Fonte: Flickr PBH
Publicidade

Implantado desde a última quarta-feira (25) na Unidade de Pronto-Atendimento Venda Nova (UPA Venda Nova), o Centro Especializado em Doenças Respiratórias realizou, entre a data da inauguração e o dia 30 de março, 242 atendimentos a pacientes, de acordo com a Secretaria Municipal de Saúde de Belo Horizonte (SMSA). Do total de atendidos, quatro foram enviados para internação e, seguindo orientação do Ministério da Saúde, serão submetidos ao teste de diagnóstico do novo coronavírus (Covid-19) como casos suspeitos.

Questionada se os pacientes estão internados na UPA Venda Nova ou qual outro hospital, a SMSA respondeu que tais informações não poderiam ser repassadas por questões de sigilo médico.



Para enfrentar a pandemia, o prefeito Alexandre Kalil (PSD) solicitou na quinta-feira (19), por meio de ofício, o auxílio de 51 profissionais do Exército Brasileiro pelo prazo de 30 dias (sujeito a prorrogação). De acordo com a Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais, via boletins epidemiológicos diários, a primeira morte causada pelo vírus no estado ocorreu no domingo (29); a vítima um foi uma belo-horizontina de 82 anos, a qual apresentou problemas respiratórios e foi internada no dia 23 de março.

CONTINUA APÓS ESTA PUBLICIDADE

O segundo óbito, conforme Secretaria Estadual de Saúde, aconteceu na segunda-feira (30) e a vítima desta vez foi um belo-horizontino de 66 anos. Ambos pacientes que vieram a falecer, até a data desta publicação, apresentavam quadros de diabete mellitus e outras doenças.

O governador Romeu Zema (Novo) anunciou em coletiva de imprensa online, ocorrida nesta terça-feira (31), a queda, nos últimos cinco dias, do número de buscas por internações decorrentes do novo coronavírus na rede pública de saúde em Minas Gerais.

Além disso, na coletiva da segunda-feira (30), o secretário de Estado de Saúde, Carlos Eduardo Amaral, informou a ampliação do número de testes de diagnóstico do Covid-19 feitos pela Fundação Ezequiel Dias (Funed). A capacidade de exames realizados pela Funed aumentará de 400 para 1.800 testes diários.

Atualização do boletim epidemiológico (31 de março)

Conforme boletim epidemiológico diário emitido pela Secretaria de Estado de Saúde, nesta terça-feira (31) foi confirmada a segunda morte causada pelo novo coronavírus em Minas Gerais. Ambas vítimas eram de Belo Horizonte.

Ao todo, existem 34.224 casos suspeitos em todo estado, 275 confirmados e outros 40 óbitos em investigação. A capital contém 59,3% (163) dos testes positivos para Covid-19. Santa Luzia, cidade limítrofe com a Regional Venda Nova, possui um caso constatado e Ribeirão das Neves tem mais de 500 pacientes com suspeição.

PERFIL EPIDEMIOLÓGICO DOS CASOS CONFIRMADOS DA COVID-19, MINAS GERAIS, 2020.


Publicidade
Jornalista graduado pelo Centro Universitário de Belo Horizonte — UniBH (2017), jornalista editor no Jornal Norte Livre com passagem pelo Jornal Daqui BH, ambos parceiros hiperlocais do Portal Uai/Diários Associados. Professor e sócio na empresa "Quando - Fábrica de narrativas", conteudista, SEO (Search Engine Optimization), videomaker, fotógrafo e entusiasta como ilustrador, desenvolvedor web e animador 2D."Os livros são o templo do jornalista, mas é nas ruas que ele congrega". Will Araújo

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui