jennifer-ferreira-claudio-lucio-gabriel-ronan-norte-livre
Jennifer Ferreira e Cláudio Lúcio, moradores do Bairro Mantiqueira, se conheceram pelo WhatsApp. Foto: Gabriel Ronan/Norte Livre
Publicidade

A manhã desta sexta-feira se tornou especial para 130 homens e mulheres de Venda Nova. No Ginásio Mineirinho, na Pampulha, a Defensoria Pública de Minas Gerais promoveu a terceira edição do Casamento Comunitário. No total, 500 casais de diferentes regiões da cidade participaram.

Moradores do Bairro Minas Caixa, Ricardo Fagundes e Ana Paula Alves eram amigos próximos, antes de se apaixonarem. Para o homem, a ajuda da Defensoria Pública foi primordial para alavancar o matrimônio. “A Defensoria facilitou em tudo pra gente. Teríamos que encaminhar os papéis e fazer novas certidões de nascimento. Então, agora, a gente só teve o trabalho de comparecer e regularizar. Foi muito bom!”.

Quem também se comprometeu foram os noivos Jennifer Ferreira e Cláudio Lúcio Soares, que moram no Mantiqueira. Eles se conheceram de maneira curiosa, o que arrancou risadas de quem estava próximo. “Nos conhecemos em um grupo de WhatsApp. Ele queria me vender um tênis, mas na verdade eu estava interessado nele (risos). Desde o início já tinha segundas intenções”, afirmou Jennifer.

CONTINUA APÓS ESTA PUBLICIDADE

Para a defensora pública geral do estado, Christiane Malard, a iniciativa auxilia famílias de baixa renda a terem um alicerce familiar.

“É um trabalho extrajudicial de educação em direitos, que a Defensoria Pública tem feito. É um trabalho itinerante, contagiante e fora dos nossos gabinetes. É a festa da cidadania e da dignidade! O nosso objetivo é pacificação social” , afirma.

Além do casamento, os felizardos foram presenteados por brindes dos apoiadores do evento. Eles também desfilaram em tapete vermelho, trocaram alianças e receberam a certidão de matrimônio.

As cerimônias foram conduzidas pelo pastor Paulo Mazoni, da Igreja Batista Central, e pelo padre Wagner Douglas, da Paróquia São Domingos.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui