Vista aérea de Venda Nova, uma das regiões mais atingidas pela COVID-19 em Belo Horizonte. Foto: Will Araújo/Jornal Norte Livre.
Publicidade

Depois de duas semanas, a Prefeitura de Belo Horizonte atualizou nessa quarta-feira (29) o balanço de casos e mortes por COVID-19 por bairros da cidade. E, conforme o levantamento, 29 dos 36 bairros de Venda Nova já computam ao menos um diagnóstico da doença – 80,5%.


Você é de Venda Nova?

Siga nossas redes sociais e fique por dentro do que acontece perto de você. Jornal Norte Livre, o Jornal de Venda Nova.


De acordo com o balanço da prefeitura, Venda Nova registra 65 mortes pela doença. Dessas, apenas uma ainda não está geolocalizada por bairro.

CONTINUA APÓS ESTA PUBLICIDADE

Os bairros Piratininga, Mantiqueira e São João Batista lideram o número de vidas perdidas pela virose: sete cada. Na sequência, aparecem Céu Azul, Minascaixa e Rio Branco, cada um com cinco óbitos.

Quatro bairros computam quatro mortes cada: Lagoa, Copacabana, Europa e Santa Mônica. Ainda há mortes pela infecção causada pelo novo coronavírus no Candelária, Jardim Leblon, Lagoinha Leblon, Cenáculo, Letícia, Jardim dos Comerciários e nas vilas Mantiqueira e Piratininga.

Com isso, exatamente metade dos bairros da regional já perderam ao menos um morador pela pandemia. Dos 29 com casos, 18 atestam óbitos.

Quanto aos casos, o bairro com mais diagnósticos de COVID-19 é o Céu Azul, com 72. Também estão na parte de cima da tabela neste quesito o Mantiqueira (57), São João Batista (48), Piratininga (44) e Santa Mônica (40).

Veja a lista completa abaixo:

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui