Feiras - Divulgação PBH - Foto Aline Miranda
Publicidade

por William Araújo

Nesta terça-feira, 27, termina o prazo para obtenção do licenciamento de feirantes e artesãos que pretendem vender seus produtos nas 22 novas feiras de artesanato de Belo Horizonte. Ao todo, são 825 vagas para todas regionais. Em Venda Nova, serão duas novas feiras: no Bairro Serra Verde (Praça do Encontro, Rua Benigno Fagundes da Silva com Rua Vera Gonçalves Terra) e no Bairro Santa Mônica (Praça Economisa, Rua Érico Veríssimo, 2600).


[custom-related-posts title=”Leia também” order_by=”title” order=”ASC”]

De acordo com o edital fornecido pela Secretaria Municipal de Políticas Urbana (SMPU), são 48 vagas para barracas de artesanatos gerais (sendo 4 para pessoas com deficiência) e 12 para comercialização de comidas e bebidas (sendo 2 para pessoas com deficiência). As feiras ocorrerão em Venda Nova durante os sábados, de 8h às 17h.

CONTINUA APÓS ESTA PUBLICIDADE

As vagas são destinadas somente aos feirantes e artesãos que residem na capital. Eles poderão optar por participar da licitação escolhendo a feira de interesse, mas a disposição das barracas será feita após finalização do chamamento, quando os locais serão distribuídos em sorteio com base na ordem de classificação .

Para participar, os interessados deverão apresentar:

  • Uma cópia simples do RG (número de identidade)
  • Uma cópia simples do CPF (número do Cadastro de Pessoa Física)
  • Comprovante de residência no município
  • Carteira Nacional do Artesão e do Trabalhador Manual (caso a atividade pretendida seja artesanato)
  • O requerimento de participação disponibilizado pelo edital (acesse aqui o edital).

O envelope com os dados preenchidos deverá ser entregue lacrado na Avenida Álvares Cabral, 217, na sala de atendimento no andar térreo, até esta terça-feira (27), entre 9h e 12h, e entre 14h e 17h. Proprietários de estabelecimento industrial, comercial ou de serviços e servidores públicos não podem participar do chamamento.

Em nota para toda a imprensa, a Secretária Municipal de Política Urbana, Maria Caldas, ressalta a importância da implantação das feiras em todas as nove regiões. “O objetivo da Prefeitura é fomentar ainda mais a cultura e a gastronomia na cidade, além de gerar oportunidades de trabalho e renda para a população”.

 

Os feirantes e artesãos aprovados precisarão pagar uma mensalidade de R$128,82 nas feiras da Regional Centro-Sul e R$103,05 nas demais. Para saber mais informações, como o requerimento de participação, tamanho das barracas, identificação do envelope e sobre as demais feiras, acesse https://prefeitura.pbh.gov.br/politica-urbana/feiras.

Publicidade
Jornalista graduado pelo Centro Universitário de Belo Horizonte — UniBH (2017), jornalista editor no Jornal Norte Livre com passagem pelo Jornal Daqui BH, ambos parceiros hiperlocais do Portal Uai/Diários Associados. Professor e sócio na empresa "Quando - Fábrica de narrativas", conteudista, SEO (Search Engine Optimization), videomaker, fotógrafo e entusiasta como ilustrador, desenvolvedor web e animador 2D."Os livros são o templo do jornalista, mas é nas ruas que ele congrega". Will Araújo

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui