Foto; divulgação/Facebook.
Foto; divulgação/Facebook.
Advertisement

Estão abertas as inscrições para o projeto ‘Incubadora de Bandas’, que abre oportunidade para artistas melhorarem suas performances no palco. A iniciativa acontecerá uma vez por mês, até dezembro, no Centro Cultural Venda Nova (CCVN – Rua José Ferreira dos Santos, 184, Bairro Jardim dos Comerciários). O objetivo é repassar dicas sobre planejamento estratégico de carreira, comunicação, figurino, expressão e improviso e capacidade técnica musical para os interessados.


Leia mais


Como o projeto recebe apoio da Lei Municipal de Incentivo à Cultura, o cadastro é gratuito. Basta ao artista preencher um formulário online e ser aprovado pela equipe técnica para se habilitar. O período de inscrição vai até 31 de março.

A capacitação é ideal para quem enfrenta dificuldades na elaboração de projetos, comunicação, questões técnicas, entre outros assuntos voltados à área artística. O projeto se inicia no dia 13 de abril, a partir das 13h, no CCVN. Até dezembro, acontecerá um encontro a cada mês, totalizando nove palestras.

No ano passado, evento reuniu diversos artistas no CCVN. Foto; Antônio Benvindo/Divulgação.
No ano passado, evento reuniu diversos artistas no CCVN. Foto; Antônio Benvindo/Divulgação.

O projeto tem realização doColetivo Beat Selecter, iniciado no ano de 2008 por brasileiros que vivem na cidade de Barcelona, na Espanha. Em 2012, o projeto chegou a Belo Horizonte, onde DJ’s e cantautores iniciaram uma pesquisa musical relacionada aos ritmos latinos e afro-brasileiros, e a relação entre a cultura soundsystem e a Música Popular Brasileira.

As aulas ficam por conta de quatro palestrantes. Entre eles, está o publicitário Antônio Benvindo, que tem ampla experiência na inscrição de projetos na Lei de Incentivo. Ele também cumpre a função de assessor de comunicação da Cidade dos Meninos.

Além dele, o gestor cultural Rodolfo Ataíde vai falar sobre gestão de marketing para empreendimentos culturais. Ex-secretário de Cultura de Ribeirão das Neves, na Grande BH, ele venceu o Prêmio Brasil Criativo, promovido pelo Ministério da Cultura, como melhor modelo de gestão na área.

A educadora e produtora cultural Taciana Ramalho também vai passar seus conhecimentos para os inscritos. Ela atuou em projetos sociais, culturais e esportivos, além de ter exercido as funções de parecerista para Leis de Incentivo à Cultura. Taciana foi aluna do projeto no ano passado.

Outra mulher a participar do projeto é a atriz e produtora cultural Glenda Bastos. A profissional tem desenvolvido trabalhos cênicos com base em experiências de vida e coletiva, além da utilização da literatura como condutora dramatúrgica. Realiza diversos projetos, ainda, em Ribeirão das Neves.

Você ainda não seguiu nossas redes sociais?

Você é morador da Venda Nova e gostaria de receber notícias específicas e exclusivas sobre a regional? Clique no botão ao lado e siga nosso Facebook e outras redes sociais


Curta e compartilhe nas redes sociais
24Shares