Praça Economisa - Foto: Regional Venda Nova
Advertisement

Em novembro de 2018, a Prefeitura de Belo Horizonte (PBH) anunciou que 66 praças de Venda Nova seriam revitalizadas com nova pintura, poda e capina da vegetação, manutenção dos bancos, quadras poliesportivas e equipamentos das Academias a Céu Aberto. Até aquele mês, 15 bairros da Regional foram visitados pela equipe de restauro municipal.

Segundo a PBH, do início do ano passado até agora, 363 praças de toda capital receberam ações e 18 intervenções ainda estão em andamento. Os valores investidos nas áreas públicas, em dois anos, chegaram a R$15 milhões. Em Venda Nova, recentemente, duas grandes praças tiveram a conservação melhorada: Economisa (Bairro Santa Mônica) e República Tcheca (Bairro Novo Letícia).


Você é de Venda Nova?

Morador(a) de Venda Nova, fique por dentro de notícias exclusivas e específicas da regional. Siga o Jornal Norte Livre no Facebook. Clique no botão ao lado.


A praça Economisa é uma das mais extensas da Regional e abriga, também, o palco do carnaval promovido pela PBH. Ela marca o encontro do final das Rua Érico Veríssimo e Rua dos Astecas, que são as rotas principais de quem passa pelo Bairro Santa Mônica.

A praça República Tcheca fica paralela à pista de caminhada da Avenida Vilarinho, altura do número 4300, e possui uma quadra poliesportiva.

“Fazemos as manutenções necessárias trazendo simples benefícios, mas que fazem diferença para os frequentadores das praças e garantem mais segurança para os espaços. É dever do Poder Público dar suporte às áreas de lazer da população, mas também contamos com a ajuda dos moradores na conservação e bom uso dos locais”, afirma o superintendente da Sudecap, Henrique Castilho.


Leia também


Curta e compartilhe nas redes sociais
67Shares
Jornalista graduado pelo Centro Universitário de Belo Horizonte — UniBH (2017), jornalista editor no Jornal Norte Livre com passagem pelo Jornal Daqui BH, ambos parceiros hiperlocais do Portal Uai/Diários Associados. Professor e sócio na empresa "Quando - Fábrica de narrativas", conteudista, SEO (Search Engine Optimization), videomaker, fotógrafo e entusiasta como ilustrador, desenvolvedor web e animador 2D. "Os livros são o templo do jornalista, mas é nas ruas que ele congrega". Will Araújo