Abertura Mostra Gentileza no Carnaval-Adão de Souza-PBH (160)
Advertisement

Por William Araújo

Em homenagem às Escolas de Samba e foliões de Belo Horizonte, o Movimento Gentileza promove desde o dia seis de fevereiro até o dia primeiro de março, na Avenida Afonso Pena, 1212 (hall da Prefeitura), a atividade “Mostra de Outros Carnavais”, realizada com o apoio da PBH e Empresa Municipal de Turismo de Belo Horizonte (Belotur). A exposição é gratuita e aberta ao público durante os dias úteis entre 9h e 19h e nos finais de semana de 9h às 14h.

Estão expostos na Mostra carros alegóricos antigos, uniformes de baterias e blocos caricatos e várias fantasias, como a “Musa de Pista”, usada em 2015 pelo Grêmio Escola de Samba Acadêmicos de Venda Nova (GRES Acadêmicos de Venda Nova).

Fantasia Acadêmicos de Venda Nova 2015 -Adão de Souza-PBH

Leia também


A “Musa de Pista” representou o samba-enredo “Tudo que Venda Nova toca vira ouro”, que trouxe a história do comércio mundial desde o escambo até a globalização. O amarelo em vários tons ilustrou o ouro.

Fantasia Acadêmicos de Venda Nova 2015 -Adão de Souza-PBH

Além da Acadêmicos de Venda Nova, outras agremiações estão representadas por mais fantasias e onze outros uniformes. De acordo com Ana Laender, primeira-dama do município e idealizadora do Movimento, a intenção é contar a história do carnaval belo-horizontino e prestar homenagem às pessoas que a construíram.

Neste ano, a Acadêmicos de Venda Nova traz o samba-enredo “Ester Sanches, a Embaixadora da Solidariedade”, em que conta a história da atleta que foi ao Estados Unidos, trabalhou vários anos como faxineira e se formou em Fonoaudiologia e Espanhol antes de voltar ao Brasil como juíza de Paz, notário público, capelã e tradutora oficial.

Veja abaixo a letra e canção

G.R.E.S Acadêmicos de Venda Nova
Samba-enredo: “Ester Sanches, a Embaixadora da Solidariedade”
Compositores: Mário da Viola, Mauro Bainha, Mandruvá e Magnata
Intérprete: Mandruvá

O lema é servir, o verbo é amar
Se o seu irmão cair, ajude a levantar
A Venda Nova vem… Maravilhosa
A terra treme quando passa a Venenosa

Nossa rainha voltou
Hoje é festa de congá
Bate tambor, toca viola, canta meu povo…
Até o dia clarear
Abram as cortinas
A embaixadora do amor vai passar
Ester Sanches…
Em seu enredo a Venda Nova vem mostrar
Nascida em Belo Horizonte
Em Alvinópolis cidadã
Visionária, guerreira e solidária
Em busca de um novo amanhã

Adeus papai, mamãe… bye bye belô…
Vou “correr”o mundo… Edificar a minha vida
Quando a saudade bater meu coração vai doer
Um dia eu volto, ó minha pátria mãe querida

Seu espelho, Nelson Mandela…
Perseverança, amor e resistência
Mahatma Gandhi em busca da paz
Com as bençãos de Chico Xavier
Nas terras do Tio Sam fez história
Nossa querida Ester…
De doméstica a juíza
O Altruísmo em suas veias aflorou…
Empoderou comunidades
E países por onde passou
Poliglota… Mestre em etiqueta internacional
Coordenou nos Estados Unidos
A campanha presidencial

Vídeo retirado do blog: www.carnavalbh2.blogspot.com.

Fantasia Acadêmicos de Venda Nova 2015 -Adão de Souza-PBH
Curta e compartilhe nas redes sociais
0Shares
Jornalista graduado pelo Centro Universitário de Belo Horizonte — UniBH (2017), jornalista editor no Jornal Norte Livre com passagem pelo Jornal Daqui BH, ambos parceiros hiperlocais do Portal Uai/Diários Associados. Professor e sócio na empresa "Quando - Fábrica de narrativas", conteudista, SEO (Search Engine Optimization), videomaker, fotógrafo e entusiasta como ilustrador, desenvolvedor web e animador 2D. "Os livros são o templo do jornalista, mas é nas ruas que ele congrega". Will Araújo