Horta CEVAE - Serra Verde - Foto - William Araujo - Jornal Norte Livre
Horta CEVAE - Serra Verde - Foto - William Araujo - Jornal Norte Livre
Advertisement

Por Gabriel Ronan

 

Couve, alface, cebolinha, coentro, salsa, hortelã e diversas ervas medicinais: essas são algumas plantações orgânicas (sem uso de qualquer agrotóxico) do Centro de Vivência Agroecológica (CEVAE – Rua Sebastião Gomes Pereira, 142, Serra Verde), administrado pela Fundação de Parques Municipais.

No lugar, marcado pelo frescor e pelos aromas da natureza, 19 horticultores – a maioria formada por mulheres entre 40 e 60 anos – cultivam canteiros de agricultura familiar.

“O objetivo do projeto é incentivar a agricultura orgânica, garantir fontes de renda à população e promover uma alimentação mais saudável”, afirma o administrador do CEVAE, Cláudio Pacheco.


Leia também

Toda a plantação volta-se à população do bairro Serra Verde. Além disso, com acompanhamento do engenheiro agrônomo Caio Vieira Vasconcelos – ligado à Subsecretaria de Segurança Alimentar (SMASAN) da PBH –, os horticultores vendem a colheita para pessoas da região.

No caso das ervas medicinais, cidadãos do bairro passam pelo CEVAE para colher as folhas, que ajudam a curar as mais diversas doenças.

Entre elas estão: boldo, erva doce, capim cidreira, babosa, caninha de macaco etc.

Adubo sustentável

Para seguir a linha do desenvolvimento sustentável, o CEVAE Serra Verde também valoriza a matéria orgânica. No local, a mistura de lixo orgânico, borra de café, terra e feno, fornecidos pela SMASAN, se transforma em adubo rico em nutrientes.

O resultado obtido auxilia, a partir de fertilizantes orgânicos, toda a plantação. Essa compostagem contribui, também, para aeração do solo e para a redução de resíduos em aterros.

Image Not Found.

Educação ambiental

Além do CEVAE, a estrutura armazena uma das unidades do Centro Regional de Educação Ambiental (CEA). Sob coordenação dos educadores Éder José Diniz e Neuza Maria de Souza, o espaço físico visa a democratização de informações ligadas ao meio ambiente.

Nesse âmbito, o CEA atinge desde alunos e professores de escolas públicas até monitores interessados em aprender um pouco mais sobre o desenvolvimento sustentável e a mobilização e conscientização da comunidade.

Interfaces com outras atividades

Com objetivo de ampliar o uso da estrutura, o CEVAE Serra Verde recebe diversas atividades abertas à população. Durante toda a semana, oficinas de capoeira, artesanato, Lian Gong (terapia corporal oriental) e nutrição compõem a programação.

Próximo ao CEVAE, o Centro de Saúde do bairro usa o espaço para diferentes finalidades, desde reuniões formais até campanhas para informar a população acerca de doenças.

Outra atribuição do Centro se dá na ressocialização. Segundo o administrador Cláudio Pacheco, a estrutura recebe pessoas para cumprirem penas alternativas no lugar.

“Quando tem o encaminhamento, nós recebemos (a pessoa que cumpre pena) e destinamos ao trabalho de capina e limpeza do lugar. Na maioria são adultos, que cometeram crime ambiental”, diz o administrador Cláudio Pacheco.

Confira a programação completa abaixo:

Quadro de oficinas - Foto - Gabriel Ronan - Jornal Norte Livre
Quadro de oficinas – Foto – Gabriel Ronan – Jornal Norte Livre

Galeria

Curta e compartilhe nas redes sociais
29Shares