Iluminação em LED na Rua Oswaldo Rosa Teixeira, no bairro São João Batista - Bruno Lavorato/BHIP.
Iluminação em LED na Rua Oswaldo Rosa Teixeira, no bairro São João Batista - Bruno Lavorato/BHIP.
Advertisement

Por Gabriel Ronan

Com 16.664 postes de luz, a regional Venda Nova começa a receber melhorias no serviço de iluminação. Até aqui, cerca de oito mil pontos já receberam a novidade.

Leia também


Entre eles, estão os postes da Rua José Osvaldo Teixeira, no bairro São João Batista (foto). A modernização de toda Venda Nova deve ser concluída até setembro deste ano.

O trabalho se coordena pela BH Iluminação Pública S.A (BHIP). O consórcio, contratado via parceria público-privada (PPP), trabalha a partir de quatro empresas com expertise na área.

A BHIP investe cerca de R$ 400 milhões na modernização da iluminação. A previsão é que as áreas com maiores índices de criminalidade sejam atendidas até agosto.

Ainda de acordo com a BHIP, todos os 182 mil pontos espalhados pela capital vão receber a novidade até dezembro de 2020.

Vantagens

Em comparação às lâmpadas de sódio, as de LED têm maior durabilidade e iluminam mais. Além disso, a economia é, no mínimo, de 45% em relação à tecnologia anterior.

Com isso, a conta de luz da cidade deve cair de R$ 55 milhões para R$ 30 milhões anuais. Quanto às falhas no sistema, o índice pode cair de 6% para apenas 1%.

Solução de problemas

Para solicitar reparos na iluminação pública, a BHIP disponibiliza gratuitamente o telefone 0800 941 6789. O serviço funciona todos os dias, 24 horas.

Pela internet, o Sistema de Atendimento ao Cidadão também cumpre essa função. Por lá, basta selecionar a opção ”iluminação pública” e seguir os passos indicados.

Outra alternativa é o aplicativo ‘Cidade Iluminada’, desenvolvido pela BH Iluminação Pública. O app está disponível nos sistemas operacionais iOS e Android.

Caso as lâmpadas de LED apresentem problemas, a reclamação pode ser feita no site da concessionária ou pelo aplicativo. Por lá, basta que o cidadão siga o passo a passo online.

*matéria atualizada em 27/03, conforme retificações enviadas pela BH Iluminação Pública S.A (BHIP)

Curta e compartilhe nas redes sociais
466Shares