Hospital Risoleta Tolentino Neves - Foto - Google Street
Hospital Risoleta Tolentino Neves - Foto - Google Street
Advertisement

Por William Araújo

Inaugurado em setembro de 1998, com o intuito de atender a pacientes, principalmente, de Belo Horizonte e cidades limítrofes, o Hospital Risoleta Tolentino Neves (HRTN), situado na Rua das Gabirobas, 1, Bairro Vila Clóris, completa, neste ano, duas décadas de existência. Para celebrar, no próximo sábado (22), das 9h às 12h, o centro médico estará promovendo no estacionamento atividades gratuitas para toda família.


Leia também

Serão oferecidas medições de glicose, aferição de pressão, atendimento jurídico, emissão de 2ª vias de certidões de óbito, casamento e nascimento, além do entretenimento com pula pula, algodão doce e apresentações artísticas. Entre os apoiadores do evento estão o Serviço Social do Comércio (Sesc Venda Nova), a União dos Moradores pelo Desenvolvimento Social do Bairro Céu Azul (Umca) e o Sindicato dos Oficiais de Registro Civil de Minas Gerais (Recivil).

O hospital

O Hospital Risoleta Tolentino Neves (HRTN) é totalmente inserido na rede de saúde pública e é fruto do acordo entre a Prefeitura de Belo Horizonte (PBH), a Fundação de Desenvolvimento da Pesquisa (Fundep) e a Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG).

Inaugurado do dia 21 de setembro com a proposta de atender às principais demandas de especialidades clínico-cirúrgicas de urgências e de atendimentos eletivos dos habitantes do eixo norte da Região Metropolitana de Belo Horizonte, estima suprir, também, a população de cerca de 1,1 milhão de habitantes das cidades de Ribeirão das Neves, Santa Luzia, Pedro Leopoldo, Matozinhos Esmeraldas, Confins, Contagem, Jaboticatubas, Vespasiano e São José da Lapa.

O atendimento do centro médico é organizado com base em estudos, como o do pesquisador Milad Yousefi, que em defesa de tese de doutorado trabalhou com inteligência artificial e aprendizado complexo.

No argumento, Milad propõe que algoritmos podem recolher informações pertinentes sobre o “comportamento de pacientes, recepcionistas, enfermeiros de triagem, de emergência e médicos” para organizar os recursos humanos e melhorar o atendimento de urgência. Leia mais sobre a tese na matéria produzida pelo portal de divulgação científica Minas Faz Ciência.

Em junho deste ano,  o Hospital Risoleta Tolentino Neves abriu edital para contratação de 113 profissionais, em níveis Médio e Superior.

Curta e compartilhe nas redes sociais
345Shares
Jornalista graduado pelo Centro Universitário de Belo Horizonte - UniBH, Bolsista PCCT na Fundação de Amparo à Pesquisa de Minas Gerais (Fapemig)/Minas Faz Ciência, ilustrador, cartunista, videomaker, desenvolvedor web, jornalista editor no Jornal Norte Livre - parceiro hiperlocal do Portal Uai - com passagem pelo Jornal Daqui BH, conteudista, SEO (Search Engine Optimization), fotógrafo, animador 2D.