Atual fase das obras na Catedral Cristo Rei, bem ao lado de Venda Nova. Foto: William Araújo/Norte Livre.
Atual fase das obras na Catedral Cristo Rei, bem ao lado de Venda Nova. Foto: William Araújo/Norte Livre.
Advertisement

Em entrevista coletiva realizada nesta segunda-feira (1º), a Prefeitura de Belo Horizonte assinou um requerimento para declarar interesse público do Executivo municipal na construção da Catedral Cristo Rei. O templo religioso arquitetado por Oscar Niemeyer será erguido no Bairro Juliana, em local limítrofe a Venda Nova.

Presente à ocasião, o arcebispo de Belo Horizonte e atual presidente da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), dom Walmor Oliveira de Azevedo, comparou a importância da estrutura para Minas Gerais à do Cristo Redentor para o Rio de Janeiro.

“A Catedral Cristo Rei é para BH e para todo o estado de Minas Gerais tudo que o Cristo Redentor significa para o Rio de Janeiro. Como força de internacionalização, de importância e de grande referência. Por isso estamos muito contentes”, disse o líder religioso.

O requerimento assinado pelo prefeito Alexandre Kalil nesta segunda era necessário para que a Força Aérea Brasileira (FAB) autorizasse as obras. Isso porque o projeto de Niemeyer prevê o erguimento de uma torre de 100 metros. O limite da FAB é de 70 metros.


Você é de Venda Nova?

Morador(a) de Venda Nova, fique por dentro de notícias exclusivas e específicas da regional. Clique no botão ao lado/abaixo e siga o Jornal Norte Livre nas redes sociais.


“A Aeronáutica só conseguiria autorização se o município reconhecesse o equipamento, a futura catedral, como um equipamento de interesse público, com motivação suficiente para que o plano de navegação seja alterado. Agora, a Aeronáutica passa a reconhecer essa construção com outro status no sentido do mapeamento aeronáutico”, explica a secretária municipal de Política Urbana, Maria Caldas.

Maria Caldas também ressaltou que, apesar da imensa torre, a segurança dos pilotos e passageiros, principalmente aqueles que usam o Aeroporto da Pampulha, está garantida.

Em 2011, Arquidiocese de BH instalou cruz que marcou a concepção do projeto de Niemeyer. Foto: William Araújo/Norte Livre.
Em 2011, Arquidiocese de BH instalou cruz que marcou a concepção do projeto de Niemeyer. Foto: William Araújo/Norte Livre.

“Passa a incluir essa torre no plano de navegação dos pilotos, mas, de maneira alguma, coloca em risco a navegação. Simplesmente passa a constituir um novo obstáculo para o plano de voo, mas não gerará nenhum obstáculo que impeça o funcionamento do Aeroporto da Pampulha”, destaca.

Desenvolvimento

Ainda na coletiva, o prefeito Alexandre Kalil ressaltou que a catedral pode mudar para sempre a economia do vetor norte de Belo Horizonte, ajudando Venda Nova e a Região Norte da cidade.

“A catedral de Belo Horizonte é de alto interesse, porque além de ser uma obra importante, é uma região que interessa ao crescimento de Belo Horizonte. É uma região importante”, afirmou o prefeito.

Projeto

O templo que será erguido em Belo Horizonte se trata do último projeto da vida de Oscar Niemeyer, falecido em 2012. As obras começaram um ano depois da morte do lendário arquiteto.

Na estrutura sob a Praça das Famílias haverá uma série de setores de evangelização e prestação de serviços, como a Acolhida Solidária Dom Luciano Mendes de Almeida, auditório com 800 lugares, cinco museus, escola de música e especializada na arte dos mosaicos, entre outros.


Leia também


A Catedral Cristo Rei terá capacidade para 5 mil pessoas sentadas na parte interna. Em grandes eventos, poderá receber até 20 mil.

Serão 44 mil metros quadrados de área construída, considerando-se o templo, três andares abaixo da praça e estacionamento. O terreno de propriedade da arquidiocese tem 22,4 mil m².

Os investimentos estimados giram em torno de R$ 150 milhões.

Curta e compartilhe nas redes sociais
65Shares