Definir qual o tipo da sua pele é fundamental para saber a periodicidade do tratamento e qual produto usar. Foto: reprodução/Pixabay.
Advertisement

Por Caroline Araújo – CRBM 8948

A nossa pele representa o maior órgão do corpo humano. Ela tem várias funções importantes, tanto no quesito proteção quanto na síntese de compostos vitamínicos.

Percepção sensorial, proteção contra atrito e entrada de microrganismos são apenas alguns dos papéis essenciais que a pele possui. Além disso, ela
serve como uma barreira contra raios ultravioletas, está presente na produção da vitamina D e na regulagem da temperatura do organismo.


Você é de Venda Nova e ainda não segue nossas redes sociais?

Fique por dentro do que acontece em na região. Acesse nossa página no Facebook pelo botão ao lado, curta e receba notícias exclusivas da regional com mais de 300 anos de história.


Com tantas funções importantes, a pele merece ser muito bem cuidada,
não é mesmo? Esse órgão tão fundamental também nos permite perceber
quando o organismo se encontra desidratado e embeleza o nosso corpo.

Manter uma pele saudável é complexo e necessita dedicação. Além de uma alimentação saudável, ótima ingestão hídrica e o uso de protetor solar, a pele precisa ser constantemente limpa e hidratada (de fora para dentro).

Benefícios

Não apenas como um procedimento estético, a limpeza de pele tem um papel importante na manutenção da saúde da cútis. A região do rosto, pescoço e colo são algumas das mais expostas ao ambiente externo durante o dia a dia, já que não estão cobertas por roupas.


Leia também


Sendo assim, estão sujeitas aos danos do sol e da poluição, entre outros. Além dos cuidados básicos diários que devemos adotar, como usar filtro solar e um hidratante, é imprescindível que façamos uma limpeza mais profunda dos poros. Dessa maneira,o procedimento irá proporcionar:

  • Controle do PH da pele;
  • Remoção das células mortas;
  • Maior suavidade;
  • Prevenção contra o envelhecimento precoce;
  • Controle da oleosidade;
  • Desobstrução dos poros;
  • Diminuição da acne e dos cravos;
  • Hidratação;
  • Manutenção da elasticidade da pele;
  • Uniformização do tom da pele

Dicas

É importante lembrar que para realizar tal procedimento, o profissional tem que ser capacitado. Todo tratamento estético tem seus riscos e contraindicações, por isso saiba com quem você vai realizar o tratamento.

É necessário procurar um estabelecimento com profissionais aptos. Além disso, o uso dos produtos adequados vai garantir o sucesso da sua limpeza, evitar problemas pós-procedimento e potencializar os benefícios do tratamento, listados acima.

Durante a avaliação antes procedimento, o profissional irá determinar o seu tipo de pele, que varia entre normal, seca, mista e oleosa. De acordo com a classificação, serão definidos os produtos a serem utilizados e a periodicidade do tratamento.

Mas, no geral, a limpeza de pele é recomendada uma vez ao mês para peles mistas e oleosas, e uma vez a cada dois meses para peles normais e secas.

Curta e compartilhe nas redes sociais
20Shares