Crédito: divulgação/Escola Estadual Professora Maria Muzzi Guastaferro.
Advertisement

Tem manhã de gala em Venda Nova nesta quarta-feira (19). A Escola Estadual Professora Maria Muzzi Guastaferro vai promover uma solenidade para premiar os alunos que participam do projeto “Vivência de Cinema”. A iniciativa alia a cultura e a tecnologia – a partir da produção de curtas-metragens – à educação, com objetivo de despertar a visão crítica dos mais de 700 estudantes do Ensino Médio da instituição educacional.

A cerimônia vai começar às 8h desta quarta e será realizada na Arena Mundo Novo (Rua Santa Cruz, 182 – Venda Nova). No total, 37 curtas estão na disputa de 11 categorias:

  • – Melhor produção
  • – Melhor diretor
  • – Melhor roteiro
  • – Melhor ator/atriz
  • – Melhor ator/atriz coadjuvante
  • – Melhor narração
  • – Melhores efeitos visuais
  • – Melhor humor
  • – Melhor documentário
  • – Melhor drama
  • – Menção honrosa

As 37 atrações estão divididas em 19 turmas: sete do 1º Ano do Ensino Médio, sete do 2º Ano e outras cinco do 3º. Com exceção de uma das salas, todas foram divididas em dois grupos, que produziram curtas de diferentes temas, sob orientação dos professores da escola.

As abordagens vão desde os Direitos Humanos até Saúde, Cultura, Esporte e Ciência. A iniciativa tem coordenação do professor de Geografia César Carlos da Cruz.


Você é de Venda Nova?

Morador(a) de Venda Nova, fique por dentro de notícias exclusivas e específicas da regional. Clique no botão ao lado/abaixo e siga o Jornal Norte Livre nas redes sociais.


Na docência desde 2011, César sempre se interessou por tecnologia, mas foi a partir de 2015, quando participou do projeto “Enredos da vida, telas da docência: os professores e o cinema”, da Faculdade de Educação da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), que teve a ideia de usar o cinema nas salas de aula.

Além dele, diversos outros professores da escola participam da iniciativa. Os trabalhos são apoiados pela diretora da instituição, Janete Procópio.

Romance

Um dos curtas de maior destaque ganhou o nome de “Ela”. A produção cinematográfica é dirigida pela aluna Cecília Oliveira Rocha, do 1º Ano do Ensino Médio.

Segundo ela, o curta trata de “uma das emoções mais comuns do ser humano: o amor”. O vídeo aborda a tentativa de uma adolescente de se relacionar com uma menina que ela conheceu na UFMG. No entanto, o amor não é correspondido.

Gostou do projeto? Clique aqui e veja todos os curtas produzidos pelos alunos da escola Maria Muzzi Guastaferro.


Leia também


Curta e compartilhe nas redes sociais
144Shares